Oposição considera que convocatória não cumpriu prazos legais e regimentais
Reunião de Câmara não se realizou
A reunião ordinária da Câmara Municipal de S. João da Madeira agendada para a passada terça-feira não se realizou, após os vereadores da coligação PSD/CDS terem invocado que não foram cumpridos os prazos regimentais para a entrega da respectiva convocatória e documentação relativa aos pontos agendados e sublinhando a necessidade de mais tempo para analisar o ponto referente ao projecto para a Praça. Foi agendada nova reunião para a próxima segunda-feira, 10 de Dezembro, pelas 14h30, com a mesma ordem de trabalhos.
Câmara Municipal de S. João da Madeira
Pedro Silva poderá deixar cargo de vereador

Iniciativa contabilizava cerca de 400 signatários na tarde de quarta-feira
Petição contra o novo projecto para a Praça
Foi lançada, na passada semana, uma petição pública contra o novo projecto para a Praça Luís Ribeiro. Considerando que o projecto apresentado pelo actual executivo «dificulta ainda mais o acesso ao centro urbano» e «retira lugares de estacionamento existentes (…) sem criar bolsas nem parques de estacionamento suficientes de proximidade», a petição, que contava na passada quarta-feira com cerca de 400 signatários, defende o anterior projecto, considerando que esse favorecia «a sustentabilidade do centro e comércio urbano, com o reforço da proximidade, competitividade, atratividade e acessibilidade».